Arménio Pereira, é o músico e produtor responsável pela criação dos estúdios IIVI (dois-cinco-um).

Nascido a 4 de Fevereiro de 1990, em Santo Tirso, desde cedo revelou paixão pela música começando os seus estudos musicais aos nove anos de idade. Ao longo da adolescência – de 2005 em diante – participou em diversas bandas de garagem locais e associações de cariz cultural, onde conheceu Laurindo Martins responsável da Estação das Artes e do estúdio 3 , com o qual estudou guitarra jazz e tomou parte de alguns projectos conexos, entre eles o de professor de guitarra no Estúdio 3 de finais de 2010 até 2015 de forma intermitente bem como  o desenvolvimento de atividades de cariz cultural.

No período de 2005 a 2008 estudou ainda com Alberto Abreu, da escola de jazz do Porto. Em finais de 2008, já na faculdade, ingressou também pela boémia e pelos meandros musicais da academia do Porto frequentando a Tuna Académica da Universidade Portucalense – Infante D.Henrique (TAUP-IDH) enquanto cursava Direito na Universidade Portucalense.

Ao longo deste percurso sempre sentiu a necessidade de ir gravando alguns desde momentos, iniciando assim a paixão pela produção musical e pela gravação, começando a gravar para além de si próprio e os projectos onde estava envolvido, também algumas bandas e eventos ao vivo, graças ao seu envolvimento com empresas como a Tecno-show, de Rafael Costa, com a qual colabora regularmente desde 2014. Desde 2015 desempenha funções de director musical da Incognituna, Tuna Académica da Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, vulgo CESPU de Vila Nova de Famalicão, acompanhando a mesma no seu crescimento. No final desse mesmo ano funda a escola de música moderna IIVI (dois-cinco-um) em Vila Nova de Famalicão onde leciona guitarra, e já em 2016 começa o projecto estúdios IIVI, dado o convite para produzir o álbum de estreia dos Terra Batida feito pelo pelo próprio André Silvestre.

Em 2017 este projecto toma corpo num espaço físico sediado em Vila Nova do Campo, Santo Tirso, que estará disponível quer para ensaios quer para gravações já no início do primeiro trimestre deste ano.